1 Estrela2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas (Sem avaliações)
Loading...

3 pré-requisitos para conseguir um financiamento pelo FIES

Fazer um curso de graduação pode ser um sonho para muitos, afinal, esse período de bastante aprendizado e conhecimento abre grandes portas para o futuro. Mas, ao mesmo tempo, nem todo mundo tem a oportunidade de passar anos estudando para entrar em uma Universidade pública ou tem dinheiro para arcar com as mensalidades de uma Faculdade particular.

Acesse e veja os pré-requisitos para o FIES (Imagem: Divulgação)

Foi pensando nisso que o Fundo de Financiamento Estudantil, também conhecido como FIES, foi criado. Naturalmente, ele possui seus próprios requisitos para poder ou não participar e você pode conferir se o seu caso atende essas exigências e como se inscrever.

O que é o FIES?

Como o nome já diz, o FIES é uma forma de ajudar na hora de financiar o valor que você deve pagar em sua faculdade particular. O Fundo foi criado pelo próprio Ministério da Educação (MEC), ou seja, a sua autenticidade é garantida e o programa já ajudou muitos estudantes a iniciarem e concluírem a sua graduação em diversas instituições brasileiras.

Requisitos para conseguir um financiamento pelo FIES

O Fundo de Financiamento Estudantil é destinado para algumas pessoas, afinal, possui requisitos para selecionar os estudantes que poderão utilizar esse financiamento na instituição de ensino escolhida. Conheça quais são eles e se você pode participar.

  1. Ser pré-selecionado no processo seletivo do programa

Em um determinado período de tempo, os interessados deverão se inscrever no FIES e, ao serem pré-selecionados, deverão concluir a sua inscrição para poder fechar o financiamento. É nesse momento que os futuros estudantes passarão informações cruciais para a aceitação ou não do programa.

O processo seletivo desenvolvido pelo MEC só aceita a seguinte modalidade: cursos não gratuitos – ou seja, de faculdades particulares –, e que tenham avaliação positiva no Sistema Nacional de Avaliação da Educação Superior (SINAES) e atendam outras exigências específicas do programa.

FIES 2018, veja como participar (Imagem: Divulgação)

  1. Ter feito o Enem

Outro pré-requisito estabelecido pelo FIES é de que o candidato tenha feito o Exame Nacional do Ensino Médio – ENEM. A exigência é que a prova mínima tenha sido feita de 2010 em diante e só valerá se a nota for 450 pontos na média aritmética de todas as matérias, além de não ter zerado a redação. Além disso, a partir do primeiro semestre de 2016, ficou estabelecido que os resultados seriam exclusivamente baseados nesses números.

  1. Comprovar renda menor ou igual a três salários mínimos

O terceiro pré-requisito extremamente importante do Fundo de Financiamento Estudantil é a questão da renda mensal familiar bruta per capital. Neste caso, ela não deve ser superior a três salários mínimos, uma vez que o FIES tem um caráter de inclusão daqueles que não podem pagar pelas mensalidades das instituições particulares que participam do programa.

Vale ressaltar que algumas características impedem os candidatos de utilizarem o FIES, mesmo que eles se enquadrem em alguns desses três requisitos acima, são elas: não ser pré-aprovado no processo, ter trancado a matrícula, já ter sido beneficiado pelo FIES anteriormente, estar inadimplente com o Programa de Crédito Educativo (PCE/CREDUC) ou ser beneficiário do PROUNI – seja com bolsas integrais ou parciais.

O candidato ao FIES precisa ter feito a prova do ENEM (Imagem: Divulgação)

Inscrições FIES

Para se inscrever, os interessados devem acessar o site oficial do FIES e participar da seleção informando todos os dados solicitados como o Cadastro de Pessoa Física (CPF), data de nascimento e um e-mail ativo. Depois de receber a confirmação neste mesmo e-mail, é importante para dar continuidade no processo informar dados do curso que deseja fazer e a instituição em que deseja conseguir o financiamento.

Ao ser pré-selecionado, é necessário partir para a próxima fase onde deverá efetivar a inscrição através do SisFIES a partir de cinco dias corridos após a liberação da pré-seleção. Então, em até dez dias, o candidato – e agora estudante – deverá comparecer a uma Comissão Permanente de Supervisão e Acompanhamento (CPSA) na instituição de ensino para validar as informações. Depois, é só seguir as orientações para a contratação final do financiamento.

O FIES é um grande passo para quem deseja estudar! Mantenha seus documentos atualizados e não deixe de acessar o site oficial do programa para saber mais informações, tirar as suas dúvidas e ficar por dentro de todas as inscrições, além de conferir as instituições participantes e até simular o seu financiamento.

(Visited 92 times, 11 visits today)